quinta-feira, 2 de maio de 2013

O ANIVERSÁRIO

 

Tudo estava bem. Muito bem.
A acomodação perfeita durou meses.
O calor, a posição, a iniciação.

De supetão surge uma forte luz.
Tenho dificuldade em vê-la, incomoda.
Sou forçado a deixar aquele perfeito recanto

Surge um novo local. Imenso, infinito
A partir daí, as horas, os dias, os meses e anos não passam, voam
Como se essa coisa que chamamos de tempo precisasse terminar
Mas ele realmente precisa

Desde o início ele me apresenta um caminho sem volta
O amadurecimento surge junto com sonhos e ilusões que jamais me deixarão
A existência segue sob essa inexorável dicotomia 

A carne se apresenta mais envelhecida
Mas a mente, envaidecida, pula de alegria ao se reconhecer mais jovem a cada dia
Juventude que nasce da crença de repudiar a existência humana baseada no ter
A pujança pelo amor visceral que surge no mundo do ser é imortal   

Não há tempo que irá subjugar a intocável força da aventura chamada vida  
O envelhecer é uma falácia
Quem nele acredita, desacredita 

                            SIGA O BLOG NO TWITTER!

Um comentário: