domingo, 9 de setembro de 2012

ADVOGADOS PARA A DEMOCRACIA PARTICIPAM DE CICLO DE PALESTRA NA APEOESP

 Dos Advogados para a Democracia

O Coletivo "Advogados para a Democracia" esteve presente no sábado, dia 01/09 , na subsede Centro-Sudeste (Vila Mariana) da APEOESP.
Foto: Eduardo Cardozo
Os companheiros Rodrigo Sérvulo da Cunha e Walter Luz Amaral participaram da última rodada do evento denominado  "Ciclo de Palestras " que iniciou no dia 04 de agosto pelo presidente da Confederação  Nacional dos Trabalhadores em Educação, Roberto Frankiln que falou sobre a Organização profissional dos trabalhadores da educação, trazendo um histórico das ações da Confederação e da APOESP.

Os debates abordaram assuntos como raça, gênero e currículo; diversidade sexual na escola, organização do tempo escolar; redes sociais, comunicação social...

Os companheiros do Coletivo, falaram sobre o processo de socialização e o direito a comunicação social:

- Rodrigo Sérvulo fez um apanhado histórico da comunicação social no  Brasil, desde a época do Brasil colônia, passando pela ditadura iniciada com o golpe de 1º de abril de 1964 (a exemplo da Rede Globo que surgiu nesse período com investimento do grupo norte americano Time Life, o que na época era proibido pela Constituição Federal). até os dias atuais e a importância disso no processo de socialização das novas gerações e a necessidade de regulamentação dos artigos referentes à comunicação social existentes na Constituição Federal. Enfatizou que sem uma lei de mídia não haverá pluralidade nos meios de comunicação e consequentemente se impossibilita a existência de uma sociedade, efetivamente, democrática.

- Walter Amaral, com sua experiência na  advocacia, especialmente na advocacia criminal, falou sobre os crimes contra a honra no ambiente virtual e suas consequências no âmbito penal e no cível.

Abaixo o material disponibilizado aos participantes:

  O  PROCESSO DE SOCIALIZAÇÃO E O DIREITO A COMUNICAÇÃO


--> MEIOS DE COMUNICAÇÃO NO BRASIL


 DE 1964 A 1988








SIGA O BLOG NO TWITTER!

Um comentário:

  1. O COADE não foge à luta. Parabéns, companheiros !

    ResponderExcluir